Curiosidades sobre chapéus

Partes do chapéu
7 de janeiro de 2020
Chapéus de filmes e séries
14 de janeiro de 2020

Curiosidades sobre chapéus

O mundo dos chapéus é muito vasto e cheio de particularidades, separamos algumas curiosidades sobre chapéus para você.

– Os táxis pretos em Londres costumam ser mais altos para que os homens não precisarem tirar o chapéu quando entram nele.

– No século 19 os árbitros dos jogos de beisebol usavam cartolas.

– Elisabeth I criou uma lei que dizia que todo homem maior de 7 anos era obrigado a usar boinas nos domingos e feriados.

– Dizem que quando John Hetherington usou uma das primeiras cartolas nas ruas, em 1797, ele foi preso por assustar as pessoas. Por isso ele acabou no tribunal e pagou uma multa de 50 libras.

– Trilby, uma variante do fedora, recebeu o nome da heroína Trilby O’Ferral de um romance de George du Maurier.

– Antigamente o processo de fabricação dos chapéus de feltro envolvia o uso de mercúrio, que é tóxico e a exposição prolongada pode causar danos no sistema nervoso, tremores e demência, e assim surgiu a frase “Louco como um chapeleiro”.

– Os primeiros chapéus fedora eram de uso exclusivamente das mulheres, depois que ele virou um chapéu masculino. Hoje em dia ele é unissex (assim como a maioria dos modelos).

– O primeiro “chapéu de burro” foi introduzido pelo teólogo medieval John Duns Scotus (1265-1308). Sua idéia era que o chapéu cônico canalizasse o conhecimento de Deus para a cabeça do… burro.

– O chapéu Panamá nunca foi fabricado no Panamá, a produção dele sempre foi feita no Equador.

– Os vikings nunca usaram elmos com chifres, eles usavam um capacete de proteção comum, assim como os outros guerreiros.

– O primeiro mágico a tirar um coelho da cartola foi o francês Louis Comte, em 1814.

– Em Fargo, Dakota do Norte, existe uma lei que proíbe dançar enquanto usa um chapéu sob pena de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *